Sono ao volante: causas e controle

Tempo de leitura: 2 minutos

Sono ao volante: Causas e controle

Pesquisas feitas por especialistas na medicina do sono explicam que o sono prejudica tanto o reflexo quanto ingerir bebidas alcoólicas. Associação diz que seis em cada 10 acidentes são culpa do cansaço.

Aqui vão algumas dicas de como controlar o sono na estrada, e o que fazer nesses casos.

Perigo

Cochilar ao volante é uma das atitudes mais perigosas no trânsito. As histórias são sempre muito parecidas, pois seis em cada 10 acidentes no trânsito são causados pelo sono ou cansaço dos motoristas, segundo estimativa da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego.

O sono dá pistas de que está chegando: a pessoa se torna mais irritada que o normal e há quem fique quieto ou bastante agitado. Outros sintomas de sonolência são distúrbios visuais, bocejos seguidos, dificuldade em se manter alerta e concentrado em tarefas.

No Brasil, mais de 50 mil pessoas morrem em acidentes de trânsito a cada ano. Dados da National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA) indicam que nos Estados Unidos ocorrem anualmente cerca de 100.000 acidentes, sendo 1550 fatais, apenas em decorrência de motoristas que dormem ao volante

Saiba algumas dicas para sua segurança pessoal 

Controle

  • Uma boa noite de sono

O primeiro passo é começar descansando muito bem. Uma noite de sono de sono bem dormida é o começo. Você não pode comer coisas pesadas no dia que for dirigir, pois isso dá muito sono. Opte por saladas, frutas, nada gorduroso, nada de fast food. Se o problema é muito recorrente, talvez seja uma boa opção ir a um médico e fazer alguns exames, para saber se você tem algum problema de saúde que possa estar causando esse problema

  • Refresque- se

Procure se refrescar de alguma forma, você pode lavar o rosto com água fria, tirar a blusa ou ligar o ar condicionado. O motivo é simples: quando você está parcialmente com frio, seu corpo trabalha mais para mantê-lo aquecido. Para que todos os órgãos possam funcionar adequadamente, ele trabalhará para regular sua temperatura interna. Isso te deixará mais enérgico e reduzirá sua vontade de cair no sono.

  • Tire um cochilo

Pare o automóvel e descanse. Geraldo Lorenzi Filho, recomenda: “Coloque um despertador para os próximos 15 minutos, quando decidir descansar. Não pode dormir mais do que isso, ou vai entrar em sono profundo e isso atrapalha muito. O motorista pode acordar com um pouco de tontura. Após o cochilo, saia do carro, lave o rosto e tome um café”, diz, apenas como paliativo. “Também é bom investigar se tem apnéia, que fragmenta o sono, principalmente dos homens entre 30 e 60 anos”.

Não é infração dormir no carro, desde que esteja estacionado em um lugar correto.

Durante a viagem, não tome medicamentos que possam influenciar seu sono, como analgésicos e relaxantes musculares, ou medicamentos tarja preta, por exemplo.

Conheça nosso sistema de rastreador veicular

Conclusão

Reconheça que você precisa dormir e pare seu veículo. Não lute contra ele, ou você irá perder a luta e o sono pode acabar junto com sua vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *