Para que servem os alarmes e câmeras de monitoramento

Tempo de leitura: 6 minutos

Para que servem os alarmes e câmeras de monitoramento?

Com a violência que ocorre todos os dias nos grandes e pequenos polos residenciais e comerciais, cada vez mais é preciso estar atento e procurar medidas que ajudem a assegurar segurança, como por exemplo alarmes e câmeras de monitoramento.

 

Por isso, a procura por alarmes e câmeras de monitoramento tem sido cada vez maior.

Pensando na necessidade desses equipamentos, decidimos dedicar o post de hoje inteiramente a esse tipo de alarme e como você pode atuar com ele e inserir na sua residência ou no seu comércio.

 

Alarmes e câmeras de monitoramento: O que são?

Os alarmes têm a função básica de avisar e emitir sinais de emergência em função de qualquer atividade suspeita na área que protege ou alcança.

Esses alarmes podem ser silenciosos e também bem barulhentos. Portanto entenda a importância e como instalar um alarme residencial.

 

 

As informações que são passadas por estes alarmes podem ocorrer através da linha telefônica, GPRS (Serviços Gerais de pacote por rádio) e CDB (Comunicador Digital Bidirecional).

Todos os alarmes possuem cinco itens básicos que são:

  • Painel de alarme;
  • Bateria reserva (em casos de falta de energia);
  • Sirene;
  • Sensor de movimento (pode ser a abertura de uma porta ou pessoas passando);
  • Botão de pânico;

 

Câmeras de monitoramento

As câmeras de monitoramento são aparelhos com lente de curto ou longo alcance em diversas marcas e modelos. Algumas já possuem luzes de Led e infravermelho.

Esses aparelhos monitoram o local e capturam as imagens que são mandadas para o DVR (Gravador de Vídeo Digital) e armazenam tudo o que foi gravado em um HD.

Como funcionam os alarmes e câmeras de monitoramento?

O funcionamento de alarmes de monitoramento trabalha através dos sensores, isso porque é justamente o sensor que indica se tem alguma atividade estranha acontecendo e acionam a sirene para intimidar assaltantes.

Isso faz com que a central do alarme seja avisada e possa enviar uma unidade policial para o lugar.

 

 

Para que tudo isso aconteça e o seu alarme funcione, é preciso que você coordene o painel. Isso significa organizar os horários e as zonas que serão monitoradas.

Uma informação importante é que em casos onde você use a linha telefônica é preciso ficar atento a fiação, pois qualquer problema pode dificultar no transporte da informação do alarme até a operadora do serviço e esta pode não receber a informação do local.

 

Câmeras de monitoramento

As câmeras de monitoramento podem ser:

 

– Analógicas: Esse tipo de câmera tem uma conexãode um cabo ligado a TV ou monitor, que é onde as imagens aparecem.

Essas câmeras enviam dados de forma contínua para um dispositivo onde será armazenado as imagens.

 

– IP: Já as câmeras IPtêm uma conexão em rede através de um computador ligado a internet por cabo ou Wi-Fi.

Isso facilita a visualização das imagens que podem ser realizadas em tempo real no próprio computador, através de um smartphone ou através de outro aparelho móvel.

 

 

Existem algumas categorias técnicas que precisam ser observadas nas câmeras de monitoramento, são elas:

  • Qualidade da imagem;
  • Sensor;
  • Brilho;
  • Ângulo de visão desejado;

Outros elementos que existem no mercado de câmeras precisam ser analisados de acordo com o seu objetivo.

Estamos então nos referindo à adaptação das câmeras para o dia e para a noite, o formato e a visibilidade das câmeras para outras pessoas e o infravermelho, que permite que ondas de calor sejam capturadas e transmitidas.

 

Meu alarme disparou errado, e agora?

Em casos de alarmes falsos o seu aparelho pode ter sido manuseado de forma errada, estar com defeito no equipamento, alguma corrente grande de ar interferiu no sinal ou mesmo animais que entraram no lugar ou que danificaram o equipamento.

Em qualquer uma das situações as dicas são:

  • Manter janelas e portas fechadas;
  • Testar o alarme com frequência e se acostumar com o uso;
  • Informar a central de monitoramento;

 

O bom funcionamento do alarme mantém longe ladrões e mantém os donos da casa em segurança, sendo que a ligação para a ajuda (em casos necessários) ocorre de forma rápida, sem que alguém precise se dirigir a um telefone.

 

O que faço com as imagens de monitoramento?

Todas as imagens obtidas através de uma câmera de monitoramento estão protegidas e não devem ser divulgadas.

Essas imagens servem para proteção pessoal de residências e empresas e podem ser averiguadas pelo proprietário em casos de roubos, furtos, observação ou solicitação formal de departamentos policiais.

Esse último caso acontece quando a sua câmera pode ter informações válidas a respeito de algo que aconteceu próximo ao local onde sua câmera está posicionada, como possíveis suspeitos, carros ou algum outro tipo de informação.

Outro ponto a ser ressaltado é a questão da privacidade.

 

Por isso, vale lembrar que câmeras de monitoramento ficam ligadas 24 horas por dia e todos que passam naquele lugar terão sua imagem captada.

Assim, em locais de trabalho uma opção é aquela plaquinha do “Sorria, você está sendo filmado” que inibe ações indiscretas de funcionários, que podem parecer desagradáveis bem como roubos dentro do próprio local de trabalho.

 

Conclusão

Quando falamos então em sistemas de proteção todos os tipos de segurança são válidos para que você se sinta mais seguro.

 

Alarmes e câmeras fazem com que você se sinta mais confortável e saiba que em casos de perigo você ficará sabendo rapidamente (no caso do alarme) e poderá ter imagens que comprovem e ajudem na procura (no caso das câmeras).

Assim, o ideal é o uso dos dois sistemas de monitoramento.

Porém, se for preciso escolher entre algum destes, tenha em mente qual o objetivo que você tem e qual será mais utilizado ou servirá melhor para o local onde será instalado.

Saiba também as 12 curiosidades sobre alarme monitorado que você talvez não sabia 

Agora sabendo tanto sobre segurança e monitoramento, não deixe de ligar para (44) 3672-1088 ou para (44) 9 9770-1088 ou entrar em contato através da página.