12 curiosidades sobre alarme monitorado

Tempo de leitura: 5 minutos

12 curiosidades sobre alarme monitorado 


É importante que antes de você decidir colocar algum alarme monitorado na sua casa como um método de segurança, você tente descobrir um pouco mais sobre ele.

Imagem Ilustrativa

 

Para você que tem interesse em colocar o alarme monitorado na sua casa, trouxemos algumas coisas que você precisa saber sobre ele.

Vamos lá?

 

O que são os alarmes monitorados e como funcionam

Os alarmes monitorados tem basicamente duas funções: avisar o indivíduo o que está acontecendo e dar um sinal de alerta.

Todos os alarmes monitorados tem um painel de alarme, bateria, sirene, sensor e um botão de pânico.

Imagem ilustrativa

Eles funcionam através dos sensores que identificam um problema enviando um sinal para o painel de alarme, isso emite a sirene e informa uma central sobre o disparo.

Esses alarmes são muito utilizados pois enviam diretamente a informação para a central de atendimento, sendo que esta avalia o problema e pode comunicar às autoridades para buscar ajuda.

 

Coisas sobre alarme monitorado que você talvez não sabia, mas deveria

Como todo tipo de equipamento que compramos ou instalamos, sempre existe informações que passam despercebidas ou que não prestamos a devida atenção e isso dar aquela dor de cabeça.

Imagem ilustrativa

1- Disparos falsos

Alarmes monitorados podem ocasionar disparos falsos por diversos fatores.

Um muito comum é pelas correntes de ar.

O ideal é manter as janelas e portas fechadas, sempre que possível.

 

2- Fique atento a linha telefônica

Se você usa uma linha telefônica para fazer o seu alarme funcionar, precisa estar atento a qualquer tipo de problema na rede.

Isso porque a falta de rede da operadora faz com que a central do alarme não receba as informações no tempo correto e você pode acabar tendo prejuízos em casos de roubo ou invasões.

Imagem Ilustrativa

3- Você apenas alugar o material

Existem empresas onde é possível fazer a locação do material utilizado para sistemas de alarme de monitoramento.

Esse tipo de atividade é pago mensalmente e quando você decidir que não quer mais o material todos os equipamentos são retirados.  

 

4- O valor está diretamente ligado com o que você deseja

Empresas contratadas para fazer a instalação dos equipamentos de monitoramento fazem o orçamento de acordo com as características do local.

Por isso o valor pode mudar de acordo com a presença de cachorros, tamanho do muro, cercas elétricas próximas a residência e portão elétrico.

 

5- A maioria das empresas não fornecem materiais

A maior parte das empresas de instalação não fornecem o material, isso quer dizer que você terá que comprar o equipamento e depois solicitar a instalação.

Porém, as empresas geralmente possuem contatos de serviço, informando locais de segurança para você encontrar o que precisa.

 

6- Alguns seguros tem a opção de alarme monitorado

Alguns seguros residenciais oferecem descontos para quem já tem um sistema de alarme de monitoramento.

Isso acontece muito porque as empresas de seguro entendem que os bens estão mais protegidos e correm menos riscos.

Imagem Ilustrativa

7- Você é ensinado como utilizar o equipamento, passo a passo

Por lei, as empresas que fazem a instalação do alarme de monitoramento são obrigadas a ensinar os frequentadores da residência sobre todo o funcionamento do aparelho.

Isso ajuda a evitar disparos falsos e como agir em casos de alarmes.

 

8- Você pode descobrir rapidamente quem tentou invadir a residência

Sistemas de monitoramento que permitem a gravação de imagens podem ser solicitadas pela polícia se for constatado que a câmera possui alguma informação válida.

Isso acontece principalmente com câmeras externas, que captam ruas ou corredores.

 

9- Você só pode utilizar as imagens internas se as pessoas autorizarem

Você não pode utilizar as imagens internas de câmeras de monitoramento caso pessoas que não autorizaram apareçam no vídeo, as imagens são protegidas.

Exemplos disso são empregadas domesticas, encanadores ou outros.

 

10- Avise as pessoas que elas estão sendo filmadas

Alarmes de monitoramento devem ser notificados tanto na área interna como externa.

Essa medida é usada como forma de avisar as pessoas que as imagens estão sendo gravadas e protegidas e pode inibir possíveis invasores.

Imagem Ilustrativa

 

11- Você consegue esconder as câmeras em objetos

Quando você estiver comprando o material de instalação é possível escolher entre câmeras visíveis ou não.

Existem câmeras que podem ser acopladas em lâmpadas ou objetos e podem passar despercebidas por pessoas que pouco frequentam o local.

 

12- Para você ver as suas câmeras em tempo real precisa de internet

Os sistemas de monitoramento capazes de serem observados por dispositivos, como smartphones, precisam ter um bom sinal de conexão à internet.

Imagem Ilustrativa

Conclusão

Quando pensamos em alarmes monitorados parece que tudo é bem simples, mas existem várias informações que acabam ficando para trás e elas podem ser a chave para um bom funcionamento e proteção.

Depois dessas 13 informações dá para entender melhor como que o sistema funciona e tirar todas as suas dúvidas.

Agora a sua família pode ficar mais segura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *